tr?id=1285203824994171&ev=PageView&noscript=1 - Dieta da USP: como funciona, cardápio e alimentos permitidos
Dieta da USP: como funciona, cardápio e alimentos permitidos

A Dieta da USP é uma dieta que consiste na baixa ingestão de calorias diárias e por isso é indicada para quem precisa perder peso rapidamente. A dieta dura no máximo 14 dias. Possui cardápio e alimentos permitidos específicos. Surpreendentemente, não há nada que confirme a relação da dieta da USP como sendo de autoria da Universidade de São Paulo. Confira como funciona, qual o cardápio e os alimentos permitidos.

Como funciona a Dieta da USP?

A Dieta da USP promove uma redução drástica de carboidratos e aumenta a ingestão de proteínas e “gorduras boas”.

Dessa forma, os adeptos da Dieta da USP conseguem emagrecer de forma muito rápida. É possível perder até 14kg em duas semanas, que é o tempo máximo de duração da dieta. Mas atenção: não ultrapasse esse período, pois pode ser prejudicial à saúde.

São poucos os alimentos ingeridos durante o dia. Mas como ocorre também a baixa ingestão de carboidratos, diminui-se também os níveis de energia. Sendo assim, durante o período da dieta não é permitido realizar exercícios físicos.

A dieta da USP possui um cardápio específico e não deve ser incluído nenhum outro alimento durante a dieta. Além disso, se a dieta for seguida por duas semanas, na segunda semana o cardápio será exatamente o mesmo da primeira semana.

Alimentos permitidos na Dieta da USP

A seguir, você vai conhecer os alimentos permitidos na dieta da USP:

  • Água
  • Ovos
  • Presunto
  • Frutas
  • Café
  • Carne ou frango ou peixe
  • Alface
  • Salsão
  • Pepino
  • Vagem
  • Cenoura
  • Bolacha tipo cream-cracker
  • Queijo minas

Relacionados:

Cardápio da Dieta da USP

Primeiro dia:

  • Manhã: Café preto sem açúcar ou com adoçante
  • Almoço: 2 ovos cozidos e ervas a desejar
  • Jantar: Salada de alface com pepino e salsão à vontade

Segundo dia

  • Manhã: Café com bolacha tipo cream-craker
  • Almoço: 1 bife grande com salada de frutas a gosto
  • Jantar: Presunto à vontade

Terceiro dia

  • Manhã: Café com bolachas cream-craker
  • Almoço: 2 ovos cozidos, salada de vagem e 2 torradas
  • Jantar: Presunto e salada

Quarto dia

  • Manhã: Café com bolacha cream-craker
  • Almoço: 1 ovo cozido, 1 cenoura e queijo minas à vontade
  • Jantar: Salada de frutas e iogurte natural

Quinto dia

  • Manhã: Cenoura crua espremida com limão e café preto
  • Almoço: Frango grelhado à vontade
  • Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Sexto dia

  • Manhã: Café com cream-crakers
  • Almoço: Filé de peixe com tomate à vontade
  • Jantar: 2 ovos cozidos com cenoura

Sétimo dia

  • Manhã: Café com limão
  • Almoço: Bife grelhado e frutas à vontade
  • Jantar: comer o que quiser, menos doces e bebidas alcoólicas

Como melhorar os resultados

Siga o que a Dieta da USP recomenda mas não altere alimentos ou horários. Água, café sem açúcar ou com adoçante e chás, por exemplo, estão liberados o dia todo. Mas não abuse dos cafés e de alguns tipos de chás, pois eles contém muita cafeína. Sendo assim, você evita alguns efeitos colaterais que a cafeína em excesso pode provocar.

Evitando o efeito sanfona

Embora os adeptos da Dieta da USP consigam emagrecer de forma muito rápida, o efeito sanfona pós-dieta pode ocorrer se não houverem alguns cuidados.

Primeiramente, é muito importante continuar incluindo legumes, frutas e verduras nas refeições. Não inclua durante e após a dieta da USP alimentos como por exemplo:

  • Açúcares
  • Bebidas alcoólicas
  • Frituras
  • Alimentos ultra processados ou industrializados ou congelados
  • Sal em excesso
  • Doces em excesso

Além disso, após a Dieta da USP, procure praticar exercícios físicos regularmente.

Efeitos colaterais da Dieta da USP

A dieta da USP possui um cardápio muito restritivo. Por isso, não é recomendado seguir a dieta por mais de 14 dias.

Eventualmente podem ser observados alguns sintomas, como por exemplo: dores de cabeça, cansaço ou fraqueza, mas esses sintomas são comuns no início da dieta.

Outros sintomas que podem ocorrer durante a dieta da USP são: mau hálito, irritabilidade, insônia, tonturas e complicações renais, pois há uma alta ingestão de proteínas.

Conclusão

A Dieta da USP emagrece de forma rápida. Porém, como qualquer dieta muito restritiva, ela não promove a reeducação alimentar. Dessa forma, é muito importante seguir as dicas de como evitar o efeito sanfona. Siga com uma alimentação mais saudável. Introduza os carboidratos em pequenas porções nas refeições quando a dieta acabar, pois assim o organismo vai se acostumando novamente com os carboidratos. E lembre-se sempre de consultar um profissional, com um nutricionista por exemplo. Ele fará uma avaliação individual para identificar qual o melhor método para você emagrecer de forma saudável.

Qual é o próximo passo? Reeducação para transformar-se!

Se você estiver buscando perder alguns quilinhos agora, só pra caber naquela roupa no fim de semana, então fique ligada aqui no blog! Tem conteúdo novo toda semana!! Receitas, cardápios, dietas tudo que você precisa pra emagrecer sem passar trabalho e sem gastar!

Emagrecer não é uma tarefa fácil, isso não é segredo pra ninguém. Todo sabe mais ou menos o caminho instintivamente, e acaba seguindo este caminho. Chás são um ótimo recurso que pode te ajudar a perder alguns quilos, mas tenha em mente que se você quer emagrecer de verdade, vai precisar passar por uma reeducação alimentar. Para transformar seu corpo e saúde, você vai precisar transformar a maneira que sua mente funciona, e isso não é fácil.

Se você estiver buscando uma transformação completa, uma verdadeira reeducação alimentar, recomendamos assinar nossa lista aqui em baixo para receber nossas novidades aqui do blog. Em breve estaremos te ensinando dicas de valor sobre o processo de transformação necessário. Não se preocupe, não vamos atrolhar sua caixa de emails com porcaria sem valor.

Sobre o Autor

error: Content is protected !!